8 passos que sua empresa deve seguir para lidar com a crise.

0
66

De um dia para o outro, o comércio, escolas, universidades e pontos turísticos fecharam em cidades do Brasil e do mundo. As empresas que suportam este modelo passaram a trabalhar em regime de home office, em que os funcionários colaboram remotamente. Neste momento, companhias se desafiam para continuar operando em meio às novas dificuldades, ao mesmo tempo em que devem se preparar para o mercado pós-crise.

Os novos hábitos de consumo já estão tomando forma. De acordo com uma pesquisa do Google, a busca de “como fazer compras online” cresceu 198% apenas em março no país. 18% dos brasileiros começou um curso online novo; 20% passou a se reunir com amigos e família virtualmente e 21% buscaram professar a fé à distância. As necessidades básicas das pessoas continuam as mesmas, o que mudou é como elas estão as satisfazendo. Por consequência, as empresas irão atender à esta mudança irá definir seus posicionamentos neste novo mercado.

A StartSe, uma escola de negócios para quem quer transformar o futuro hoje criou um programa para empresas que desejam preparar seu negócio para o momento de retomada. Confira as oito dicas que norteiam o curso:

1) Gestão de crise

Organize o fluxo de caixa para sobreviver a curto prazo sem se destruir a longo prazo. É importante listar todas as linhas de receita e despesa.

2) Alinhamento do time

Não há nada mais relevante do que um time trabalhando em sintonia. Principalmente em momentos de home office, comunique-se de forma assertiva e transparente e garanta que todos estão na mesma página.

3) Fluxos financeiros

Realize controles semanais das finanças para garantir que o que foi programado está sendo feito. É necessário se preparar para o pior, mas fazendo o possível para que ele não aconteça.

4) Retenção de clientes

Mantenha seus clientes próximos, pois eles provavelmente irão consumir seus produtos novamente após a crise. Ofereça condições especiais para mantê-lo consigo se for necessário.

5) Estratégia de vendas

Analise a possibilidade de tornar seu produto digital, dessa forma, sua operação não será interrompida durante a quarentena. No entanto, é necessário entender se há demanda pelo produto e como diferenciá-lo frente as outras ofertas.

6) Receitas alternativas

Crie produtos para entregar o que seu cliente necessita, bem como para ter novas fontes de receita durante a crise. Dessa forma, com a normalização após a crise, é possível ter mais de uma fonte de receita e uma estratégia diversificada.

7) Novos padrões de consumo

É um momento de experimentação. As pessoas estão adotando as videoconferências, educação online, telemedicina, home office. São muitas novidades que estão surgindo em suas rotinas e muitas devem permanecer – entenda o novo comportamento do seu consumidor.

8) Ponto de virada

Quem enxergar as mudanças do mercado e se antecipar a elas terá uma maior vantagem competitiva. No pós crise, é necessário analisar o que a empresa ganhou com a experiência: o que foi feito e deve ser repetido para sempre? O que foi um erro? O que não foi feito e deveria ter sido?

Fonte: StartSe / Por: Tainá Freitas

Use Coworking Banner

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui