Acusações de racismo fazem marcas reformularem ou descontinuarem produtos.

0
166

Bombril retira ‘krespinha’ do mercado.

A fabricante de produtos de limpeza Bombril anunciou a retirada da marca de esponja de aço ‘Krespinha’ do mercado após ser acusada de racismo nas redes sociais.

Usuários afirmaram que o nome do produto remetia aos cabelos crespos, o que levou a empresa a ficar entre os tópicos mais comentados de quarta-feira (17) no Twitter.

Eles lembraram ainda que, na década de 1950, a publicidade de uma esponja de aço com o mesmo nome trazia a imagem de uma criança negra e fazia alusão a seu cabelo.

Não se trata, no entanto, da primeira marca a ser alvo de escrutínio público e ceder a pressões das redes sociais.

Ao redor do mundo, produtos acusados de racismo vêm sendo reformulados ou retirados do mercado, na esteira dos protestos antirracistas após a morte do americano George Floyd.

Fonte: Época Negócios

Use Coworking Banner

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui