Digitalização reduz total de desbancarizados em 73% no Brasil.

0
37

Levantamento realizado pelas Americas Market Intelligence, em parceria com a Mastercard, aponta que o número de desbancarizados no Brasil diminuiu em 73% nos últimos meses. O movimento pode ser atribuído, segundo o estudo, à digitalização financeira, que foi acelerada no país como reflexo direto das medidas de isolamento social para conter a pandemia da covid-19.

A pesquisa, também, mostra que a mudança ganhou tração após o governo brasileiro ter feito mudanças no repasse do auxílio emergencial a partir de maio, com a criação de uma norma que proíbe a transferência ou saque da conta por 30 dias.

O isolamento social, devido a pandemia, estimulou o comércio eletrônico e o uso de novas tecnologias pelos consumidores, como os pagamentos por aproximação ou em tempo real, confirma o estudo.

A tendência foi registrada em outros países da América Latina, como Argentina, Colômbia e México. O movimento dessas nações também foi impulsionado pela distribuição de subsídios governamentais por canais digitais. Segundo o levantamento, a população não bancarizada em toda a região foi reduzida em 25%.

O Banco Mundial revela, por meio de seu próprio levantamento, que apenas 55% de adultos latino-americanos 207 milhões de pessoas tinham conta em banco em janeiro deste ano. Devido aos auxílios e o maior acesso à fintechs e bancos digitais, 40 milhões criaram contas em apenas cinco meses.

Por: Startup Life. Fonte: Reuters. Foto: Divulgação.

Use Coworking Banner

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui