Fintech muda de nome e fecha primeira rodada de investimento.

0
31

A antiga Diin, fintech de micro investimento, reformulou seu nome para Grão, e fechou uma rodada de investimento liderada pela Astella, com participação da DOMO Invest e da Vox Capital. Até o momento, o capital investido pelos sócios e o valor desse aporte soma R$ 7,5 milhões.

Na Grão, os investimentos começam a partir de R$ 1. O dinheiro é aplicado em Letras Financeiras do Tesouro (LFT), o Título Tesouro Selic, que acompanha o retorno da taxa básica de juros e tem liquidez diária. Quando o cliente resgatar o investimento, receberá seu dinheiro com o acréscimo do rendimento do CDI no período em que o valor ficou aplicado.

Segundo um levantamento divulgado em meados de setembro do ano passado pela FINNOVATION, 504 fintechs seguem em operação no Brasil e estão divididas em 10 segmentos de mercado. Em comparação a 2018, o crescimento foi de 34%, quando só existiam 377 startups atuando no setor.

Fonte: Startupi.  Foto: Divulgação.

SimSite Banner

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui