IBM deixa de produzir tecnologia de reconhecimento facial.

0
171

Uma das gigantes mundiais no quesito inteligência artificial, a IBM anunciou em uma carta aberta que deixará de desenvolver e oferecer tecnologia de reconhecimento facial. A empresa se posiciona contra o uso da tecnologia para monitoramento em massa, criação de perfis raciais e violações de direitos humanos básicos.

O presidente da IBM, Arvind Krishna, afirma que a IBM quer ajudar a promover a busca por equidade e justiça nos Estados Unidos e que a empresa fica à disposição para ajudar no desenvolvimento de políticas que ajudarão a unificar o país.

Ele diz que o documento é destinado aos senadores democratas dos Estados Unidos. “A IBM não oferece mais software de análise ou reconhecimento facial IBM de uso geral. A IBM se opõe firmemente e não tolerará o uso de nenhuma tecnologia, incluindo a tecnologia de reconhecimento facial oferecida por outros fornecedores, para vigilância em massa, criação de perfil racial, violações de direitos humanos e liberdades básicas ou qualquer finalidade que não seja consistente com nossos valores e Princípios de Confiança e transparência”, afirmou.

Fonte: Startupi

Use Coworking Banner

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui