Quer saber como atrair investidores com um pitch perfeito?

0
20

Por Cristiano Freitas*

Você talvez já tenha visto, em algum programa de televisão, empreendedores apresentando suas ideias de negócios, pensando em como atrair investidores com um discurso planejado para tentar vender seu peixe.

Essa apresentação no mundo empresarial é chamada de pitch. Ele nada mais é que uma exposição rápida e resumida do que diz respeito à empresa ou ideia de negócio. Um pitch pode acontecer em qualquer lugar e a qualquer hora, por exemplo, em um elevador, uma mesa de bar ou coffee break de uma palestra.

Para ajudar você a entender melhor a estrutura e como atrair investidores com um pitch perfeito, continue a leitura e saiba mais!

O que é um pitch?

Como já dito, é uma apresentação curta e direta, com o objetivo de vender uma ideia, apresentar uma empresa e atrair investidores para o negócio. Por meio dele, o empreendedor pode diferenciar sua empresa e mostrar o que realmente a distingue dos outros concorrentes. Além disso, o problema que está disposto a resolver, os profissionais que integram sua equipe e diversas outras informações.

Embora pareça uma prática extremamente simples, elaborar um pitch envolve muita responsabilidade. Isso porque é preciso se preocupar em criar uma proposta curta e conhecer sua audiência — quem são os investidores presentes? São investidores anjos ou um fundo de venture capital? Por isso, um pitch deve ser direcionado e com foco no que realmente importa.

Quais são os objetivos de um pitch?

Saber como atrair investidores com um pitch perfeito exige muito mais que elaborar uma simples apresentação e argumentá-la em poucos minutos. O investidor vai analisar não apenas o negócio apresentado, mas, principalmente, a capacidade do empreendedor em mostrar seus conhecimentos e como executá-los.

Não existe uma fórmula pronta para elaborar um pitch, pois cada investidor tem um interesse distinto. Para não cair em armadilhas, uma dica é montar de 2 a 3 pitchs para apresentar conforme o perfil do ouvinte. Vale destacar que antes de efetivamente começar a elaborar o pitch, é fundamental que o empreendedor conheça quem são os investidores e qual o nível de conhecimento deles sobre o mercado e seu negócio.

O objetivo principal de um pitch é saber como atrair investidores para o negócio. Ou seja, é chamar a atenção e convencer que aplicando dinheiro naquela empresa ou ideia ele está bem empregado. E não se esqueça: você não será o único a tentar se aproximar desse investidor, por isso, destaque-se.

Como atrair investidores por meio de um pitch perfeito?

Durante a apresentação de um pitch, o empreendedor tem pouco tempo para expor suas ideias e apresentar seu negócio. Isso significa que, para que seu pitch dê resultados e se transforme em um bom investimento, é preciso estruturar muito bem as ideias, de modo que ele tenha um formato coerente de ideias e intenções. Vejamos como atingir isso:

Esteja preparado

Um bom pitch deve indicar quais as oportunidades que a empresa vai atender, de forma direta e objetiva. Isto é, qual a necessidade de mercado que o investidor tem interesse, mas que não é tão bem atendida. Mas, para que um pitch prenda a atenção dos investidores, é preciso que a primeira fala tenha ênfase, de modo que eles possam ver a necessidade que será suprida.

Apresente uma solução, destacando a sua inovação e diferenciação. Isso significa que não será preciso detalhar muita coisa, mas, ao mesmo tempo, o empreendedor já ressaltou qual será sua capacidade de execução e seus recursos. Veja que, como um pitch é algo que deve facilitar o entendimento e a capacidade de execução, ele não pode ser algo longo e exaustivo, e sim, o mais breve possível, sem deixar de lado as suas peculiaridades e diferenciais.

Conte uma história

Muitos empreendedores se atrapalham nessa parte de apresentação, perdendo tempo em falar dos aspectos técnicos do produto e/ou serviço, em vez de concentrarem suas forças nas fontes de receitas. Assim como qualquer pessoa que está assistindo ou ouvindo uma apresentação com termos demasiadamente técnicos, investidores também se entediam muito rapidamente com esses aspectos.

Muitos empreendedores temem em mostrar suas ideias de negócios aos outros com receio de serem copiadas. O problema é que nenhum investidor vai concordar em aplicar dinheiro em uma empresa se desconhecer seu funcionamento ou sua capacidade de geração de receita.

Por isso, conte uma história, ressalte os pontos fortes e também não deixe de falar dos pontos fracos. É o tipo de apresentação que dá ao investidor segurança e noção do quão maduro é o plano de negócio, e do quanto ele pode ser melhorado.

Por isso, seja breve e simples em apresentar sua empresa, faça com que os investidores encarem sua ideia como algo real e que possa ser explorado quando comparado a outros tipos de negócios.

Deixe apenas um sócio falar

A apresentação de um pitch é algo muito rápido. Isso significa que não há tempo para rodízios de falas e explanações mais longas sobre o negócio. Deixar apenas um sócio falar, não significa que os demais integrantes da equipe estejam desconectados. Mas uma pessoa dialogando e apresentando a ideia consegue utilizar com maior eficiência o tempo e atrair quem realmente interessa.

Alguns pitchs duram 2, 3 ou 5 minutos, isso significa que tudo deve ser muito rápido para atrair os interessados, discriminando as áreas para onde vai a quantia necessária, o quanto será investido em pesquisas, desenvolvimento de produtos etc.

Treine, treine e treine

Antes de elaborar ou ir a uma apresentação, esteja muito bem preparado para expor a ideia do seu negócio. Isso porque podem ter investidores que vão querer saber muito mais do que você apresentou em poucos minutos e é aí que pode estar sua grande oportunidade.

Um pitch é uma forma de apresentar uma ideia sem que seja necessário abrir todo o leque do negócio. Por isso, surgindo uma oportunidade de saber como atrair investidores, é necessário estar muito bem preparado para responder todas as perguntas.

Já sabe como elaborar um pitch perfeito e atrair investidores para seu negócio? Para saber mais entre em contato com a Syhus e conheça nossos serviços!

*Cristiano Freitas é CEO da Syhus Contabilidade.

Fonte: Startup Life.

SimSite Banner

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui